SELECIONE SUA ÁREA DE ATUAÇÃO

Operadoras
de Saúde
Médicos, hospitais,
clínicas e laboratórios

Conhecendo a complexidade do processo de autorização para procedimentos médicos, a Orizon oferece soluções que simplificam a experiência do seu beneficiário no momento do atendimento, além de evitar procedimentos indevidos e futuras glosas.

nossas soluções:

Autorize Autorize saiba mais +

A Orizon entende o desafio da análise de contas médicas, por isso oferece soluções que reduzem o tempo do processo, aumentam sua eficiência e contribuem para a melhora do relacionamento com os prestadores.

nossas soluções:

Fature Fature Fature saiba mais +

O BPO (Business Process Outsourcing) é um serviço de transformação de processos, que disponibiliza as contas médicas em formato eletrônico, prontas para análise e pagamento.

Análises mercadológicas com base em dados do setor altamente qualificados, para oferecer às empresas consultoria na gestão de custos e na implementação de ações estratégicas que trazem vantagens competitivas frente à concorrência.

A Orizon facilita o acesso à saúde, oferecendo aos seus usuários descontos em uma grande variedade de medicamentos, que podem ser encontrados em uma ampla rede de farmácias credenciadas.

Estudos Farmacoeconômicos para a avaliação e direcionamento de investimentos.

Consulte os Estudos Farmacoeconômicos elaborados por nossa equipe técnica.

Conciliação eletrônica das contas médicas referentes aos serviços realizados pelos prestadores e faturados para as Operadoras de Saúde, que possibilita identificar de forma simples o que foi pago, as glosas e seus motivos, além das contas que ainda serão analisadas.

nossa solução:

Concilie saiba mais +

Selecione
sua área
de atuação

Empresas
indústrias
farmacêuticas

A Orizon facilita o acesso à saúde, oferecendo aos seus usuários descontos em uma grande variedade de medicamentos, além da possibilidade de desconto em folha e subsídios.

O Benefício Medicamento Orizon, que oferece descontos significativos em medicamentos, pode agregar valor ao seu produto e tornar-se um diferencial competitivo frente à concorrência.

Estudos Farmacoeconômicos com base no maior banco de dados da saúde suplementar, que auxiliam na avaliação de indicadores de saúde e contribuem para a eficiência do seu negócio.

Análises mercadológicas com base em dados do setor altamente qualificados, para oferecer às empresas consultoria na gestão de custos e na implementação de ações estratégicas que trazem vantagens competitivas frente à concorrência.

Estudo da Orizon constata avanços no combate ao tabagismo, mas gastos com tratamento ainda é elevado

mai

2017

31

Um estudo inédito da Orizon - empresa de inteligência e tecnologia líder em serviços para os segmentos de saúde, seguros e benefícios - concluiu grandes avanços no combate ao tabagismo no Brasil, nos últimos três anos, com a diminuição de doenças relacionadas ao cigarro. Porém, o mesmo levantamento avaliou e constatou que os gastos médicos tiveram um aumento progressivo.

Pela análise, que foi baseada em duas doenças principais - câncer de pulmão e DPOC (Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica) – houve certa estabilidade nos gastos hospitalares no período analisado: entre os anos de 2014 e 2015, com queda de 5,52%, equilibrando-se com um aumento de 3,28% entre 2015 e 2016. Já o número de pacientes apresentou queda progressiva nos três anos analisados. O estudo foi realizado com 13.907 beneficiários.

"O Brasil atingiu o terceiro declínio mais significativo na prevalência do uso do tabaco no mundo, desde 1990. As medidas de controle e redução incluíram restrições na propaganda e aumento de impostos no cigarro", explicam os pesquisadores da Orizon, Bruno de Carvalho e Sarah Rodrigues. Mas para eles, a variação no custo total de tratamento das doenças indica que, apesar da queda de pacientes, os gastos com internações são elevados pela complicação das doenças.

Na análise da relação custo médio por paciente versus a quantidade de pacientes, as doenças que representaram os maiores gastos hospitalares foram as relacionadas aos diversos tipos de cânceres nos pulmões ou brônquios, com índices acima da média de outras doenças, que passou dos 60% do total gasto nos três anos analisados. A DPOC, e suas variações, apareceram apenas na sexta colocação deste ranking. Enquanto os cânceres representaram 56,22% nos custos hospitalares, a DPOC teve participação de 42,53%. A neoplasia benigna dos brônquios e pulmão representou somente 1,24% do total.

"Nas neoplasias existe considerável aumento de custos na fase terminal do câncer, que consiste em terapias mais agressivas e cuidados intensivos - admissões ambulatoriais, UTI’s, terapia sistêmica entre outros", lembram os pesquisadores da Orizon.

O cigarro é a maior causa prevenível de morte prematura e adoecimento, e atualmente é responsável por 5 milhões de mortes todos anos no mundo inteiro. Além dos cânceres e DPOC, o tabaco também causa doenças cardiovasculares. Segundo dados do Instituto Nacional de Câncer - INCA, 90% dos casos diagnosticados no pulmão estão relacionados ao tabaco. Estima-se que aproximadamente 15% da população acima dos 40 anos tenha DPOC.

 

Sobre a Orizon

A Orizon tem um propósito claro: trazer mais saúde para mais pessoas. Para isso, emprega o talento de seu time através de inteligência médica, analytics e tecnologia. Com essas capacidades, busca simplificar processos e combater os desperdícios, que são problema mundial no setor de saúde. O setor precisa resolver seu problema central: os custos crescem mais rápido que os recursos disponíveis. É fundamental combater qualquer desperdício nesse contexto, pois quando dinheiro é jogado fora alguém perde acesso e qualidade de atendimento ao seu bem mais precioso, a saúde.

A Orizon – empresa de inteligência e tecnologia líder em serviços para os segmentos de saúde, seguros e benefícios – trabalha há mais de 10 anos por meio de suas soluções em: Inteligência em Saúde, Transformação de Processos, Conectividade e Benefícios em Saúde.

Um em cada quatro usuários do sistema de saúde privado se beneficia com as soluções da Orizon. São mais de 12 milhões de pessoas, conectadas a 140 mil prestadores e a mais de 11.000 farmácias, efetuando uma média de 150 milhões de transações por ano. Além disso, são analisados mais de 22 milhões de sinistros e contas médicas neste mesmo período, trazendo importante contribuição no combate aos desperdícios do setor.

Devido ao grande volume de dados que transita em seus sistemas a Orizon é capaz de gerar informações estratégicas para o mercado e assim auxiliar na tomada de decisão das empresas e agregar valor na gestão de saúde da população do país.