SELECIONE SUA ÁREA DE ATUAÇÃO

Operadoras
de Saúde
Médicos, hospitais,
clínicas e laboratórios

Conhecendo a complexidade do processo de autorização para procedimentos médicos, a Orizon oferece soluções que simplificam a experiência do seu beneficiário no momento do atendimento, além de evitar procedimentos indevidos e futuras glosas.

nossas soluções:

Autorize Autorize saiba mais +

A Orizon entende o desafio da análise de contas médicas, por isso oferece soluções que reduzem o tempo do processo, aumentam sua eficiência e contribuem para a melhora do relacionamento com os prestadores.

nossas soluções:

Fature Fature Fature saiba mais +

O BPO (Business Process Outsourcing) é um serviço de transformação de processos, que disponibiliza as contas médicas em formato eletrônico, prontas para análise e pagamento.

Análises mercadológicas com base em dados do setor altamente qualificados, para oferecer às empresas consultoria na gestão de custos e na implementação de ações estratégicas que trazem vantagens competitivas frente à concorrência.

A Orizon facilita o acesso à saúde, oferecendo aos seus usuários descontos em uma grande variedade de medicamentos, que podem ser encontrados em uma ampla rede de farmácias credenciadas.

Estudos Farmacoeconômicos para a avaliação e direcionamento de investimentos.

Consulte os Estudos Farmacoeconômicos elaborados por nossa equipe técnica.

Conciliação eletrônica das contas médicas referentes aos serviços realizados pelos prestadores e faturados para as Operadoras de Saúde, que possibilita identificar de forma simples o que foi pago, as glosas e seus motivos, além das contas que ainda serão analisadas.

nossa solução:

Concilie saiba mais +

Selecione
sua área
de atuação

Empresas
indústrias
farmacêuticas

A Orizon facilita o acesso à saúde, oferecendo aos seus usuários descontos em uma grande variedade de medicamentos, além da possibilidade de desconto em folha e subsídios.

O Benefício Medicamento Orizon, que oferece descontos significativos em medicamentos, pode agregar valor ao seu produto e tornar-se um diferencial competitivo frente à concorrência.

Estudos Farmacoeconômicos com base no maior banco de dados da saúde suplementar, que auxiliam na avaliação de indicadores de saúde e contribuem para a eficiência do seu negócio.

Análises mercadológicas com base em dados do setor altamente qualificados, para oferecer às empresas consultoria na gestão de custos e na implementação de ações estratégicas que trazem vantagens competitivas frente à concorrência.

Gestão de saúde reduz custos médicos em R$ 100 milhões

jul

2017

24

Até 15% é quanto o investimento em benefícios compromete a folha de pagamento das empresas. Segundo a Pesquisa de Benefícios Aon 2017, uma das maiores consultorias de riscos, benefícios e capital humano do mundo, a assistência médica é o benefício mais comum, sendo ofertado por 99,8% das empresas. Em consequência do aumento do uso de planos de saúde, os custos também ficam mais caros.

 

De acordo com a pesquisa, o plano de saúde representa 36% dos custos na folha de pagamento de 5% a 10% das empresas participantes. Em até 5% das companhias, o custo bate a marca dos 32%. E para 10% a 20% das empresas, o plano de saúde representa 25% dos gastos na folha de pagamento.

 Diante desse cenário, a Healthways, uma empresa Sharecare, trabalha na coordenação de projetos ligados à gestão de saúde, com o objetivo de controlar os custos e melhorar a qualidade na assistência. “Existe muito desperdício de recursos preciosos, usados de maneira descoordenada, e há oportunidade para mudarmos este cenário”, afirma a Dra. Ana Cláudia Pinto, diretora de Produtos da Healthways.

 Com programas de gestão de saúde e bem-estar e de grupos específicos, como doentes crônicos e idosos, a Healthways conseguiu reduzir os gastos de seus clientes em mais de R$ 100 milhões, em um período de um ano. Foram cortados custos ambulatoriais, como internações e utilização de Pronto Socorro, entre outros. Segundo a Dra. Ana, o sistema de saúde atual é fragmentado e, em muitas ocasiões, ineficiente, o que causa maior risco à saúde em vez de solucioná-la. “Exames repetidos, mal-uso do PS e internações desnecessárias levam a um sistema de baixa qualidade assistencial e de custo muito alto”, explica.

 Uma das importantes ferramentas que a Healthways utiliza é a modelagem preditiva, método estatístico que auxilia na identificação da população com maior necessidade de intervenção médica, possibilitando a prevenção de doenças. Ao identificar 5% da população que tem o maior risco de gerar alto custo nos próximos 12 meses, o modelo foi capaz de capturar 25% do custo total dessa população.

 Com maior qualidade de vida e maior consciência sobre sua própria saúde, as pessoas conseguem focar em atividades que irão prevenir a ida ao hospital. “A coordenação de todos os diferentes serviços e profissionais da área da saúde facilita as interações dos pacientes com o sistema e melhora os resultados como um todo”, finaliza Dra. Ana.