SELECIONE SUA ÁREA DE ATUAÇÃO

Operadoras
de Saúde
Médicos, hospitais,
clínicas e laboratórios

Conhecendo a complexidade do processo de autorização para procedimentos médicos, a Orizon oferece soluções que simplificam a experiência do seu beneficiário no momento do atendimento, além de evitar procedimentos indevidos e futuras glosas.

nossas soluções:

Autorize Autorize saiba mais +

A Orizon entende o desafio da análise de contas médicas, por isso oferece soluções que reduzem o tempo do processo, aumentam sua eficiência e contribuem para a melhora do relacionamento com os prestadores.

nossas soluções:

Fature Fature Fature saiba mais +

O BPO (Business Process Outsourcing) é um serviço de transformação de processos, que disponibiliza as contas médicas em formato eletrônico, prontas para análise e pagamento.

Análises mercadológicas com base em dados do setor altamente qualificados, para oferecer às empresas consultoria na gestão de custos e na implementação de ações estratégicas que trazem vantagens competitivas frente à concorrência.

A Orizon facilita o acesso à saúde, oferecendo aos seus usuários descontos em uma grande variedade de medicamentos, que podem ser encontrados em uma ampla rede de farmácias credenciadas.

Estudos Farmacoeconômicos para a avaliação e direcionamento de investimentos.

Consulte os Estudos Farmacoeconômicos elaborados por nossa equipe técnica.

Conciliação eletrônica das contas médicas referentes aos serviços realizados pelos prestadores e faturados para as Operadoras de Saúde, que possibilita identificar de forma simples o que foi pago, as glosas e seus motivos, além das contas que ainda serão analisadas.

nossa solução:

Concilie saiba mais +

Selecione
sua área
de atuação

Empresas
indústrias
farmacêuticas

A Orizon facilita o acesso à saúde, oferecendo aos seus usuários descontos em uma grande variedade de medicamentos, além da possibilidade de desconto em folha e subsídios.

O Benefício Medicamento Orizon, que oferece descontos significativos em medicamentos, pode agregar valor ao seu produto e tornar-se um diferencial competitivo frente à concorrência.

Estudos Farmacoeconômicos com base no maior banco de dados da saúde suplementar, que auxiliam na avaliação de indicadores de saúde e contribuem para a eficiência do seu negócio.

Análises mercadológicas com base em dados do setor altamente qualificados, para oferecer às empresas consultoria na gestão de custos e na implementação de ações estratégicas que trazem vantagens competitivas frente à concorrência.

Custo médio do tratamento do AVC é de R$ 50 mil

out

2014

22

O Acidente Vascular Cerebral atinge 16 milhões de pessoas em todo o mundo e o tratamento da doença em hospitais privados no Brasil custa, em média, R$ 50.127,53, além da internação média por 18 dias, sem falar nas inúmeras sequelas que o paciente terá que enfrentar. O estudo foi preparado pela Orizon – empresa líder em serviços para os segmentos de saúde, seguros e benefícios, para o Dia Mundial do AVC, lembrado na próxima quarta, dia 29.

No levantamento foram analisados 525 casos baseados em quatro critérios específicos: idade superior ou igual a 50 anos, ambos os sexos, pacientes que tenham permanecido internados por três ou mais dias e analisados casos cirúrgicos e não cirúrgicos. O custo médio da diária de internação foi de R$ 2.770,50.

O estudo da Orizon ainda fez uma análise estatística de intervalo de confiança (95%) onde constatou que, se ocorressem análises com os mesmos números de beneficiários e seguindo os mesmos critérios adotados, o custo médio com o tratamento de um AVC ficaria entre R$ 38.677,46 e R$ 61.577,59.

Segundo o superintendente de Negócios Corporate da Orizon, Leopoldo Veras da Rocha, outro dado relevante observado é que a variação do custo por usuário é muito grande. "Um paciente, que permaneceu três dias em observação no hospital e foi liberado para se tratar em casa, teve gastos de R$ 768,83 enquanto em um outro, internado por 205 dias, os valores chegaram em R$ 1.766.827,41", exemplifica Leopoldo Rocha.

Os pacientes mais graves acabam tendo outras complicações e submetidos a novos procedimentos além da cirurgia de angioplastia de ramo intracraniano para colocação de stent. "Eles podem permanecer internados na UTI para colocação de cateter venoso central de longa permanência e shunt definitivo, traqueostomias, entre outras intervenções", explica o analista de Inteligência em Saúde da Orizon, Edgard Casas Rodrigues Paiva.

As doenças cardiovasculares são as principais causas de mortes entre homens e mulheres no Brasil. O AVC é a doença que mata mais as mulheres, segundo a Sociedade Brasileira de Cardiologia, vitimando mais do que a AIDS e os cânceres. São 49.652 mortes por AVC em mulheres, os infartos vem logo depois com 43.653. Já entre os homens o AVC fica em segundo lugar com 50.530 mortes, perdendo apenas para os infartos com 60.735.

Sobre a Orizon

A Orizon trabalha há mais de 15 anos para simplificar o setor da saúde, gerando mais eficiência e resultados para os clientes através de suas soluções em: Transformação de Processos, Conectividade, Benefícios em Saúde e Inteligência em Saúde.

Hoje, 1 em cada 3 usuários do sistema de saúde privado se beneficia com as soluções da Orizon. São mais de 18 milhões de pessoas conectadas a 130 mil prestadores e a 9.000 farmácias, efetuando mais de 140 milhões de transações por ano. Além disso, são processados mais de 40 milhões de sinistros e contas médicas anualmente, trazendo importante ganho operacional para os clientes.

Devido a esse grande volume de dados, a Orizon é capaz de gerar informações estratégicas para o mercado e assim auxiliar na tomada de decisão das empresas e agregar valor na gestão de saúde da população do país.